Castleforbes no E-dublin

Há Alguns dias foi publicado um artigo com informações sobre nossa escola de inglês no E-dublin, confira o artigo na integra abaixo:

Castleforbes College é uma escola de Inglês direcionada a estudantes que buscam opções atualizadas com as tecnologias, com um ambiente diferenciado, excelência acadêmica e reconhecimento no mercado.

Fundada e dirigida por jovens irlandeses, a Castleforbes possui sede em Dublin e, graças à experiência e qualidade voltada ao aprendizado do aluno ao longo desses anos, atrai estudantes do mundo todo, sobretudo da Comunidade Europeia – o que favorece o intercâmbio cultural entre os alunos.

Com uma das melhores relações custo-benefício em Dublin, conta com uma equipe multicultural e multidisciplinar que, dessa forma, possibilita o suporte dedicado ao cliente 24/7, além de apoio durante toda a estadia, desde a busca pela melhor opção de hospedagem (hostelhospedagem em casa de famíliaacomodações estudantis, entre outras), seguro, até tours por todo o país, desde uma visita ao agitado Temple Bar até uma aventura pelos esplêndidos Cliffs of Moher.

..

Que tal aproveitar a temporada na Irlanda para fazer um tour pelo país? Imagem: Pixabay

Ótima Localização

Localizada no centro da cidade de Dublin, a apenas 10 minutos andando da O’Connell Street, no coração da cidade e do mais famoso ponto de encontro, o Spire, a escola encontra-se em uma área calma e organizada, com variedade de opções para refeições, além de farta região comercial.

Student Lounge. Crédito: Acervo Castleforbes

Student Lounge. Crédito: Acervo Castleforbes

Cursos

Os cursos foram criados para o amplo conhecimento da língua – escrita e falada. O método de ensino propõe um aprendizado com aulas mais dinâmicas, favorecendo a compreensão total do idioma. Entre os cursos oferecidos, o General English Course, estruturado para providenciar a base fundamental para o aprendizado da língua escrita e falada, é voltado para desenvolver o Inglês para qualquer situação. Ou ainda, cursos em diferentes níveis para negócios.

Castleforbes College é uma escola de Inglês direcionada a estudantes que buscam opções atualizadas com as tecnologias. Crédito: Acervo Castleforbes

Castleforbes College é uma escola de Inglês direcionada a estudantes que buscam opções atualizadas com as tecnologias. Crédito: Acervo Castleforbes

Há, também, o Cambridge First Certificate in English – FCE, mais conhecido como ESOL (sigla em inglês), o qual representa o exame de terceiro nível da classificação Cambridge em inglês para falantes de outros idiomas e, associado ao nível B2 do Common Framework para as línguas europeias, igualmente avaliado como exame de nível Intermediário Superior, confere ao aluno a certificação oficial de proficiência em língua inglesa. Esse curso é indicado para os alunos que já possuem um conhecimento no idioma e que são capazes de adaptá-lo às diferentes situações da vida normal, do trabalho ao estudo. Além disso, é considerado um requisito essencial para a maioria das Universidades e Instituições Educacionais na Europa. Vale lembrar que os exames do FCE são realizados mensalmente e caso o aluno esteja interessado, a Castleforbes College irá fornecer todas as informações e apoio necessários.

Aulas Personalizadas

Também possui One to One Learning, com aulas particulares, direcionadas àqueles que necessitam de velocidade no aprendizado ou estejam em busca de necessidades específicas, como uma entrevista, por exemplo, já que as aulas serão customizadas conforme o pedido do aluno, trabalhando dificuldades específicas, como melhorar a gramática, enriquecer o vocabulário ou desenvolver habilidades de comunicação.

O aprendizado de um novo idioma proporciona uma experiência de vida completa, incluindo cultura, lazer e a possibilidade de socializar com pessoas de diferentes nacionalidades. Para consultar os programas acadêmicos mais recentes, tirar dúvidas ou solicitar um orçamento sem compromisso, basta entrar em contato através do site oficial da escola.

castlefCastleforbes College
www.castleforbescollege.com
info@castleforbescollege.com
+353 (0)1 8746848
1 Belvedere Court, 77 Upper Gardiner Street, Dublin 1
Dublin, Irlanda

Visto de estudo e trabalho na Irlanda – Como aplicar?

A Irlanda é um dos poucos países em que você pode se candidatar a um visto de trabalho e estudo como estudante de inglês. Este visto consiste em uma permissão para permanecer na Irlanda por um período de 33 semanas,  25 das quais devem ser dedicadas a estudos de inglês e as outras 8 de férias. Durante a maior parte deste período, você pode trabalhar por 20 horas por semana.

 

Nos últimos anos, a Irlanda tem sido um país com uma economia crescente, atraindo empresas multinacionais muito importantes, como Google, Facebook, Apple, Microsoft, entre outras. Essa atividade econômica gera muitos novos empregos, seja em áreas especializadas, como engenharia e tecnologia, ou posições que não exigem extensa qualificação, em áreas como a limpeza e o setor de hospitalidade (restaurantes, bares e hotéis). É por isso que o país abriu suas portas para trabalhadores estrangeiros, vindos do mundo inteiro. Quer saber como solicitar um visto de trabalho e estudo na Irlanda?

 

 

O que você precisa para se candidatar a um visto de trabalho e estudo?

Como estudante de fora da união europeia, para solicitar este tipo de visto por um período de 33 semanas, você precisa de:

 

  1. Um curso de inglês de 15h por semana durante 25 semanas registrado e pago antes da sua chegada na Irlanda. Você pode escolher uma escola a partir da lista da ILEP – Interim List of  Eligible Programmes ou Lista de Programas Elegíveis – uma seleção oficial de escolas que tem todos os requisitos para implementação de visto.
  2. Um a carta de aceitação do Castleforbes College contendo todos os detalhes do seu curso.
  3. Um passaporte válido por pelo menos mais 6 meses após o término do seu curso.
  4. Seguro médico e Learner Protection fornecidos pela Castleforbes College durante todo o período que você está passando na Irlanda estudando inglês e viajando.
  5. 3.000 euros como prova de que você pode se manter em Dublin durante a sua estadia, o que você pode provar com um extrato bancário ou com postal orders.
  6. 300 euros para pagar o seu visto, podendo ser pago apenas via cartão de débito ou crédito, não em dinheiro.
  7. Um horário no escritório de imigração reservado online através da página oficial do GNIB.
GNIB card Ireland - estudo e trabalho - study and work
Cartão GNIB, seu visto irlandês, necessário para trabalhar no país.

Após a inscrição, você receberá o seu cartão GNIB no seu endereço na Irlanda, o que permitirá que você permaneça no país cursando inglês por 25 semanas, mais 8 semanas de férias, a partir do dia em que você desembarcou em Dublin. Até mesmo antes de aplicar para o GNIB, também é uma boa ideia começar a procurar uma acomodação permanente, já que em Dublin tem sido difícil encontrar um lugar para ficar imediatamente.

 

 

Eu tenho um visto, qual é o próximo passo?

Tendo o seu visto de trabalho e estudo válido, você será capaz de encontrar um emprego a tempo parcial. Para fazer isso, recomendamos seguir mais algumas etapas:

 

  1. Encaminhe seu PPS (Personal Public Service), exigido para se candidatar a qualquer trabalho.
  2. Prepare seu currículo e atualize seu LinkedIn – muitas empresas procuram profissionais qualificados on-line em sites como o LinkedIn.
  3. Abra uma conta bancária na Irlanda – a maioria dos empregadores pede uma conta irlandesa para pagar seus salários.
  4. Abra uma conta em revenue.ie para gerenciar seus impostos – caso contrário, você terá grandes descontos nos seus primeiros pagamentos.
Dublin Pubs - emprego, trabalho
Dublin tem cerca de 660 pubs, fonte dos muitos empregos criados durante o verão.

Durante o curso de inglês, você tem permissão para trabalhar por 20 horas por semana. No entanto, é possível trabalhar por 40 horas nos meses de junho, julho, agosto e setembro. Este é o verão irlandês, ou “alta temporada”, quando o país recebe muitos visitantes devido às férias europeias, e também de 15 de dezembro a 15 de janeiro, durante as férias de Natal. Durante as férias muitos empregos abrem em restaurantes, bares, cafés e outros serviços relacionados ao turismo. Os gerentes recebem vários currículos diariamente, por isso, se você souber em algum lugar de contratando, basta comparecer pessoalmente e conversar com o gerente para marcar um teste e aumentar suas chances de ser contratado.

 

Se você tiver outras dúvidas, fale conosco! Nós estamos sempre felizes em ajudar!

 

Que o Duende te guie até Dublin e te ajude a encontrar o pote de ouro! Boa sorte!

Feira do Trabalho em Dublin: Construction Jobs Expo

Você está estudando inglês ou procurando emprego em Dublin? Não perca a oportunidade de participar da Construction Jobs Expo, uma Feira do Trabalho em Dublin, 29 de setembro de 2018 ou na Jobs Expo em 13 de outubro de 2018 em Dublin das 10h às 16h no Croke Park. Na feira participarão empresas como a Amazon e muitas outras grandes empresas que patrocinarão a feira, mas também oferecerão empregos. Não se preocupe com a entrevista ou com o CV, na feira haverá especialistas que podem lhe dar conselhos sobre como criar um bom currículo e ensinar técnicas para a entrevista.

 

O que você pode encontrar na Construction Jobs Expo

Durante a feira de emprego você encontrará:

  • empregadores que oferecerão centenas de empregos na Irlanda e no exterior
  • áreas especializadas dedicadas a trabalhar no setor de construção
  • um rico programa de seminários sobre questões importantes e atuais de uma série de especialistas no campo

Durante a Expo Jobs Construção discursos serão realizados em várias questões, tais como o uso de mídias sociais para encontrar o trabalho de seus sonhos e técnicas para as palestras e também realizará um workshop sobre como escrever o CV. Outros seminários receberão especialistas do setor que abordarão diversos tópicos relacionados às atividades.

 

Lavoro a Dublino

Trabalho em Dublin

Embora a Construction Jobs Expo seja uma excelente oportunidade para encontrar trabalho em Dublin e além, não será difícil encontrar um emprego andando pela cidade com um bom currículo na mão. Outra maneira de encontrar um emprego em Dublin é Agências de emprego , como já mencionado em outro artigo nosso. Se você pretende encontrar um emprego o mais rápido possível abaixo, indicamos as duas agências de emprego que, de acordo com nossa opinião, restringirão os tempos de espera:

 

Em conclusão

Qualquer que seja a maneira como você decide encontrar trabalho, em Dublin e em geral em toda a Irlanda, sempre haverá um emprego esperando por você, você só precisa procurar por ele.

Como encontrar trabalho em Dublin?

Não nos faltam boas razões para vir trabalhar na Irlanda, ou mais especificamente em Dublin: melhorar seu inglês, graças aos cursos de inglês e também à imersão na língua, trabalhar com pessoas de diferentes culturas; encontrar trabalho em uma grande e renomada empresa como Google, Facebook ou IBM, ou mesmo procurar um salário mais atraente que no Brasil, ganhando em euros… Dublin é uma cidade muito dinâmica, com numerosas oportunidades principalmente no setor de serviços. Mas então como encontrar uma destas oportunidades?

 

 

Como encontrar trabalho em Dublin? Onde estão as vagas?

 

Existem basicamente dois tipos de vagas de emprego em Dublin: temporário ou permanente. Se você está procurando por uma vaga temporária, sugerimos que imprima uma centena de currículos e saia pela cidade, distribuindo nos lugares que lhe interessarem, como bares, restaurantes, lojas de roupas, hotéis, salões de beleza, etc… Geralmente estes lugares colocam anúncios de vagas nas próprias vitrines, então fique atento!

 

staff wanted

 

Como a concorrência por estas vagas é muito grande, o melhor é você ir até o local pessoalmente e pedir para falar diretamente com o gerente. Se ele gostar de você, pode marcar um trial (teste) no mesmo dia,  e quem sabe você já sai com um emprego! Mas não se esqueça que para isso é importante passar um bom tempo elaborando o seu CV, enfatizando a sua experiência na área.

Agora se você está procurando algo permanente, a melhor opção é procurar através de sites, principalmente LinkedIn e Indeed. Estes dois juntos possuem 99% das vagas de emprego da Irlanda. É importante, portanto, manter suas informações atualizadas em ambos os sites. Além destes, há outros sites que podem ser úteis nessa busca:

 

 

Por fim, não se esqueça de procurar agências de trabalho, como:

 

 

Sobre o nível de inglês requerido, você pode conseguir uma boa vaga independente de quanto você domina a língua. Mas em tempos de grande concorrência, ter um inglês avançado ou até fluente pode ser um grande diferencial. Por isso, aproveite muito o seu curso de inglês, inclusive para tirar dúvidas com os professores sobre CVs e para fazer bons contatos com seus colegas, o que pode fazer toda a diferença no final.

 

O que é o PPS Number? Como fazer?

 

O PPS ou Personal Public Number é como a carteira de trabalho no Brasil: indispensável para oficializar seu emprego. Ele corresponde ao seu CPF, e permite que você seja identificado no sistema fiscal irlandês. Para obter o PPS, você deve marcar um horário com o escritório irlandês pelo site mywelfare.ie, o que leva em torno de duas semanas.

Importante destacar que, diferente do Brasil, você não pode fazer seu PPS em qualquer momento que quiser. Você deve ter consigo uma carta que alegue o motivo de estar fazendo o seu PPS, que geralmente é uma carta do seu empregador, se já tiver um em vista. Ou seja, o empregador requisita que você faça o seu PPS, e não você. Além desta carta, você também deve ter consigo o seu passaporte, comprovante de residência e uma folha impressa comprovando o seu horário.

 

pps number

 

 

Achei um emprego! O que mais devo saber?

 

Então, você tem um emprego e o seu número de PPS. Mas se não fizer nada, a cada pagamento será cobrado uma taxa emergencial de 40% sobre o valor total, por que oficialmente o Revenue (agência responsável pelos impostos na Irlanda) não sabe que você está empregado, e portanto cobra as taxas de autônomo. Para que isso não aconteça, você deve registrar o Tax Number (número de imposto) da sua empresa na sua conta do Revenue. Mas para ter uma conta no Revenue, você deve requisitar que uma senha seja enviada pelo correio para sua casa. Portanto, é um processo que requer um certo tempo.

Mas se você já foi descontado enquanto ainda não teve tempo de registrar seu novo emprego, não se preocupe. Assim que a situação for normalizada, você tem o direito de requisitar seus impostos pagos de volta. Se encontrar trabalho de novo, você pode registrar mais de uma empresa em sua conta, mas deve então distribuir seus créditos de impostos nos dois ou mais empregos. Para mais informações, entre no site do Revenue.

revenue

Vocabulário importante!

Algumas palavras e expressões para ajudar você a encontrar trabalho:

  • staff: é o conjunto de funcionários de uma empresa;
  • we are hiring: significa literalmente ‘estamos contratando;
  • staff wanted: é basicamente o mesmo que a última;
  • interview: entrevista! Quando for chamado, não esqueça de se preparar para ela com as perguntas mais frequentes;
  • trial: é um teste que você pode ser requisitado a fazer, para o qual também é importante se preparar com antecedência;
  • kitchen porter: é um emprego muito comum em bares e restaurantes, onde você será responsável por lavar louças e auxiliar em tarefas da cozinha;
  • cleaner: qualquer serviço que envolva limpeza ou faxina;
  • au pair: é ser babá de crianças. Pode ser live in, quando você mora com a família, ou live out, caso contrário.
  • tax discount: é a parcela do seu salário que é descontada para cobrir os impostos.

Desejamos a você muita sorte nessa busca!

Irlanda: para morar ou só para visitar

Se você está considerando vir visitar a Irlanda, mas ainda não sabe por quanto tempo, pode ser muito útil saber qual é a diferença entre visitar a Irlanda e efetivamente morar aqui. Pode ser interessante conhecer os dois lados da moeda com alguém que já teve um pouco das duas experiências.

Em agosto de 2016 resolvi viajar sozinha pela primeira vez, e escolhi a Irlanda, mais especificamente Dublin, para ficar por um mês. Vim totalmente como turista, com o dinheiro contado para a viagem e com uma só preocupação na mente: conhecer o maior número de lugares possível. Dois anos depois, eis que aqui me encontro novamente, mas dessa vez para uma temporada maior, para também trabalhar e estudar inglês. Foi então que percebi o quão diferente pode ser a Irlanda para essas duas situações, e resolvi falar um pouco sobre isso!

 

Turistar pela Irlanda: como é ser somente turista?

 

Uma coisa é garantida: atividades pela Irlanda não vão faltar! O país é cheio de belezas naturais, lindas construções, museus de todos os tipos e, é claro, pubs, como você não vai encontrar em nenhum outro país. Então não falta ocupação, independente do tempo que você quer ficar por aqui. No meu caso, foram 30 dias. Fiz 3 semanas de curso de inglês, e nos finais de semana conseguia cada dia ir para um lugar diferente, alguns mais distantes, como Belfast, Galway, Cliffs of Moher, Rope Bridge, e outros mais próximos, como Malahide, Bray, e Howth. Um ponto a destacar é que passei esse mês aqui durante o verão, então o clima não foi um problema e não impediu nenhum dos meus passeios.

Cliffs of MoherCliffs of Moher

Além disso, durante a semana me empenhei em conhecer diversos dos pontos turísticos em Dublin mesmo, como a fábrica da Guinness, os museus de arte e de história, os parques e tantos pubs quantos eu conseguisse visitar. Provei diversos tipos de cerveja e cidras, além de outras bebidas como o Irish Coffee, e outras comidas como o Irish Breakfast (foto abaixo). Comprei uma bicicleta para tornar meu deslocamento mais eficiente, e consegui me deslocar facilmente na cidade, por mais que o sentido do trânsito fosse o contrário do que estava acostumada.

Irish Breakfast

Irish Breakfast

Foi então que um de meus amigos me disse uma coisa que me fez refletir: você fez mais coisas em um mês do que muitos fazem em um ano! Pois então, realmente, tive a oportunidade de aproveitar muito do que o país tem a oferecer, mas sempre lidando com o problema de que meu dinheiro estava contado, sempre cozinhando meu almoço e levando sanduíches para qualquer lugar que fosse visitar, para não gastar com restaurantes. Como aqui a cerveja era cara, raramente tomava mais do que uma pint, e algumas vezes até nenhuma. Na verdade, dado o custo de vida aqui e a taxa de câmbio de reais para euros, qualquer atividade era cara, com exceção do mercado.

Mas agora, a segunda vez que estou por aqui, entendo perfeitamente o que esse meu amigo quis me dizer, e posso dizer que concordo plenamente.

 

 

Morar na Irlanda: como é ter uma rotina no país?

 

Então, quando cheguei aqui pela segunda vez, já conhecia uma boa parte da cidade, e já tinha visitado alguns lugares… mas a vontade de explorar ainda era a mesma. Mas a situação como um todo era bastante diferente: eu passaria ao todo 8 meses em Dublin, e para todo esse tempo havia trazido somente a quantidade obrigatória de 3 mil euros. Então, minha primeira prioridade era conseguir um emprego, para então poder bancar todos os meus planos de viagem, tanto pela Irlanda quanto pelo resto da Europa. E aos que estão na busca por emprego, sabem que não é nada fácil. Recebemos muitos nãos, muitas vezes somos ignorados, e ainda quando aparece uma entrevista, as chances de contratação são pequenas. Aí começamos a duvidar que vamos conseguir algum emprego, e achamos que temos que economizar cada centavo para não faltar no final. É uma situação bem desanimadora

Foi então que consegui um emprego, para trabalhar 6 dias por semana, uma quantidade boa de horas. Duas semanas depois, consegui mais um emprego, e pensei: porquê não, assim vou poder economizar para o verão. Assim, estou 100% do tempo durante a semana ocupada, e domingo tem sido meu único dia de descanso… e geralmente, têm chovido nos domingos. Ainda, só pude me empenhar em trabalhar em dois lugares diferentes porque tenho o suporte do meu namorado, que cuidou de outras burocracias que sem ele eu teria que resolver. Assim foi com os documentos do GNIB, do PPS e para abrir uma conta em um banco irlandês, uma dor de cabeça sem tamanho.

GNIB - morar

GNIB: o documento de visto irlandês

 

compreendi perfeitamente a diferença entre vir para cá só para visitar ou para morar: não podemos simplesmente fazer o que quisermos. E o que percebi na verdade foi além disso: em qualquer lugar que moremos será assim, compromissos e contas a pagar, com a diferença de que aqui também temos que comparecer ao curso de inglês e encaminhar diversos documentos que no Brasil já foram encaminhados em algum momento de nossa vida.

Mas essa não deixa de ser grande parte da experiência: morar e trabalhar fora é muito enriquecedor, profissionalmente talvez, mas pessoalmente com certeza. Temos que aprender a nos virar em outra língua, lidar com novas pessoas e nos encaixar em novas culturas. Não conseguimos viajar todo o final de semana, mas conseguimos economizar dinheiro para viagens ainda maiores. Não conseguimos ir todos os dias em um pub diferente, mas podemos ficar para os grandes shows que acontecem na cidade.

Então, as duas opções, morar e visitar, têm vantagens e desvantagens, como qualquer coisa na vida. Eu, particularmente, não me arrependo de ter testado as duas.

 

 

Como encontrar alojamento em Dublin

Se você está pensando em se mudar para dublin, ou chegou na cidade há pouco tempo, seja para trabalhar ou para estudar inglês, é importante saber que encontrar um alojamento ou uma moradia na cidade pode se tornar um pesadelo. Isso acontece porque nos últimos anos o se instaurou em Dublin, assim como em grande parte da Irlanda, uma crise de habitação, levando a uma grande concorrência por moradia e, por consequência, a um aumento nos preços.

Então, você precisa estar ciente de que procurar por alojamento pode ser bastante trabalhoso, e que o preço pode ser bastante salgado. Por isso, vamos nos aprofundar no assunto, com uma série de informações e dicas que podem ser muito úteis para encontrar uma boa moradia.

 

 

Como achar alojamento em Dublin se tornou tão difícil?

Existem diversos fatores sociais e econômicos envolvidos na situação das habitações em Dublin. Em primeiro lugar, o país passa por uma série de mudanças econômicas, com uma grande quantidade de pessoas migrando do setor agrícola para a indústria e comércio. Assim, além de mudar de profissão, muitos irlandeses também estão se mudando, preenchendo as grandes cidades, Dublin em especial. Além disso, o país passou por uma grande crise na construção civil, o que leva a menos novas moradias disponíveis.

Para se ter uma ideia, o preço médio do aluguel e o aumento entre 2017 e 2018 podem ser vistos na figura abaixo, para o condado de Dublin:

Alojamento em Dublin

Outro fator a se considerar é o grande número de estudantes que chegam em Dublin para estudar em escolas de inglês. Por causa deste movimento, Dublin é a capital com o maior número de jovens na Europa. Graças a isso, nos últimos três anos foram construídas diversos alojamentos estudantis.

 

 

Onde buscar alojamento?

 

Sem dúvida a página mais famosa para encontrar alojamento é www.daft.ie. Mas como há algumas centenas de anúncios, encontrar o lugar que você procura pode ser complicado.

Outros sites interessantes que conectam land lords (como são chamados os donos das residências) e os inquilinos são:

 

 

Nossas recomendações

Não tente arranjar uma acomodação direto do Brasil. Você deve conseguir visitar os alojamentos pessoalmente porque, além de você, haverá outras 10 pessoas interessadas. Os inquilinos preferem assim fazer uma entrevista com os candidatos, para escolher o que melhor se encaixa na casa. E como há muitos candidatos, nenhum ninguém quer fazer a entrevista via Skype ou Whatsapp. Além disso, há muitos golpes aplicados a quem faz a reserva sem nenhuma garantia ou sem conhecer o lugar e as pessoas primeiro.

Se há um número de telefone no anuncio, ligue! Sempre é melhor ligar do que mandar um e-mail. Grande parte dos e-mails enviados nunca são respondidos.

Use redes sociais! Sua rede de conhecidos da escola e do trabalho pode te ajudar muito a achar um lugar para morar. Além disso, a todo momento há pessoas postando anúncios de vagas nas redes sociais (Whatsapp, Facebook, etc), que geralmente são vagas imediatas.

Nunca pague com antecedência! É comum para entrar na vaga ter que pagar um depósito e o primeiro mês de aluguel. Mas nunca faça isso sem antes ter um contrato com o proprietário real ou com a imobiliária, por que pode ser uma cilada…

Você pode confiar nas agências e imobiliárias! Elas também usam sites como o daft.com para divulgar suas vagas. Só tome cuidado para verificar a procedência e a existência das agências.

 

 

Então, como encontro alojamento?

 

Resumindo, se você ainda não chegou na Irlanda e está preocupado com alojamento, o melhor a fazer é reservar duas ou três semanas de hostel  ou bed and breakfast (b&b). É a melhor maneira de arranjar uma pousada confiável e temporária, que vai lhe permitir procurar por um lugar permanente com calma, visitando as opções. Além disso, há várias opções no centro de Dublin, sendo que os preços mais em conta são para alojamentos mistos de 15 a 18 pessoas. Os preços no verão geralmente sobem, mas ainda assim é a opção mais barata.

Se você não quer ficar em um hostel, pode arranjar um lugar com uma agência ou em uma casa de família. Recomendamos a agência  ISAI Agency Ireland, que possui diversos apartamentos no centro de Dublin. Você vai dividir um quarto com uma ou duas pessoas e, no final, o preço pode parecido com de um hostel. Já as casas de família são geralmente longe do centro, mas uma ótima forma de ter contato com a cultura do país e praticar o seu inglês.

 

 

Vocabulário útil

Alguns termos são muito úteis na hora de achar um lugar para morar, seja permanente ou provisório. Vamos lá:

  • Landlord: é como se chama o proprietário da residência
  • Deposit: é um valor caução, que você paga quando assina um contrato de aluguel e recebe de volta quando sai do lugar.
  • Homestay: é como se fala quando você fica em uma casa de família.
  • Accomodation: é um alojamento no geral, sendo hostel, casa de família, apartamento ou quarto.
  • Furnished: é uma acomodação completamente mobiliada.
  • Flat: é o mesmo que apartment, apartamento.
  • Studio: é um apartamento para um só casal, ou uma só pessoa. 
  • Housekeeping: é o serviço de limpeza da casa.
  • Utilities: são as utilidades básicas – água, luz, aquecimento.

 

Então, desejamos muito boa sorte na sua busca! Good luck!

6 famosos que são irlandeses e você não sabia!!

A Irlanda é um país que, geograficamente, fica isolada do restante da Europa, por fazer parte do conjunto de ilhas logo acima da Europa Continental, juntamente com o Reino Unido. No entanto, a Irlanda não só é um ótimo país para estudar inglês, mas também um país muito rico culturalmente, que já contribuiu para o mundo com grandes personalidades , como o poeta Oscar Wilde, a banda U2 e o ator Gabriel Byrne. Assim, reunimos uma lista de grandes famosos contemporâneas que você deve conhecer, mas que talvez nunca imaginou que seriam irlandeses!

 

Richard Harris

 

Ao ver a bela barba branca de Dumbledore e a intelectualidade que o personagem nos passa, não chegamos a imaginar que o grande ator que o interpreta, Richard Harris, é um irlandês da pequena cidade de Limerick. Durante sua carreira, Harris foi cantor e ator, interpretando diversos personagens marcantes, mas é hoje lembrado pelo seu último personagem, Alvo Dumbledore, na série Harry Potter. Infelizmente, o artista faleceu duas semanas depois do lançamento do segundo filme da série. Da nossa lista de famosos contemporâneos, é o único que já não está mais entre nós.

 

Pierce Brosnan

 

O ator Holliwodiano tem todas as características que o personagem James Bond necessitava: o charme, o rosto americano, a elegância. Por esses motivos ele engana a muitas pessoas que não imaginam que seja da cidade de Drogheda, na Irlanda. Brosnam começou sua carreira como ator em 1975 como figurante, participou de diversas produções de destaque em sua vida, mas marcou os espectadores em quatro filmes como o agente secreto 007: Bond, James Bond.

 

Bono

 

Não somente o vocalista, mas toda a banda de grande sucesso U2 é de origem irlandesa. O cantor é da capital, Dublin. A banda é um dos ícones do rock mundial, tendo grandes sucessos como With or Without You e Beatiful Day, com uma melodia e letra que se confundem com o estilo britânico. O real nome do artista é Paul David Hewson, um típico nome entre os irlandeses, sendo que seu nome artístico, Bono Vox, foi um apelido dado por um de seus amigos, que significa ‘boa voz’.

 

Liam Neeson

 

Ao interpretar com um sotaque alemão o personagem principal do filme A lista de Schindler, não se desconfia que o ator é nascido na cidade de Ballymena, na Irlanda do Norte. O ator tem uma carreira expressiva, com mais de 70 filmes desde 1978, entre os quais se destacam A Lista de Schindler, que retrata a vida dos judeus durante a Segunda Guerra Mundial, e Star Wars: Episode I – The Phantom Menace, quarto filme da série de grande sucesso Star Wars.

 

Saoirse Una Ronan

 

Não podemos deixar de falar da grande e jovem atriz irlandesa Saoirse Ronan, que aos 23 anos já foi indicada para diversos prêmios da academia de cinema. Apesar de ter nascido no Bronx, em uma das cidades ícones da cultura americana, Nova Yorque, é filha de pais irlandeses e mantém a nacionalidade, que se afirma em seus traços. Aos 3 anos retornou com seus pais para a Irlanda, onde morou em uma pequena vila perto de Dublin, Howth. Iniciou sua carreira de atriz quando tinha apenas 9 anos, e já atuou em mais de 20 filmes, entre eles The Lovely Bones, Hanna , e Lady Bird , três grandes sucessos americanos.

 

Colin Farrell

 

Por último mas não menos importante, entra na nossa lista de famosos irlandeses o ator Colin Farrell. Aos 41 anos, o ator irlandês já coleciona grandes sucessos hollywoodianos, sendo protagonista de Alexandre, Minority Report e Animais Fantásticos e Onde Habitam. É nascido e criado na cidade de Dublin, com seus pais e seus três irmãos, tendo morado grande parte do tempo em Castleknock, nos subúrbios da cidade. Farrell decidiu ser ator ao ver o filme ET, e seu irmão o incentivou a seguir a carreira, que só aos 23 anos chamaria atenção dos grandes produtores.

Mandatory Credit: Photo by Action Press/REX/Shutterstock (7423115y)
Colin Farrell
‘Fantastic Beasts and Where To Find Them’ film photocall, New York, USA – 06 Nov 2016

Outros irlandeses famosos

Não só de artistas é feita a Irlanda! No país também é nascido o lutador Conor McGregor, atleta expressivo no popular UFC (Ultimate Fighting Championship), conhecido como The Notorius no mundo da luta. Além disso diversos cientistas irlandeses se destacam na história da humanidade, trabalhando com pesquisa nuclear, como Ernest Walton, ou com pesquisa em raios X, como Kathleen Lonsdale. E então, você consegue lembrar de algum outro irlandês famoso?

Passeios culturais – Castleforbes College

Na Castleforbes College, nós não só damos importância à aprendizagem e aulas de inglês, também nos esforçamos para ter um extenso programa de passeios culturais e excursões para nossos alunos.

Estudantes em nossas excursões culturais - Um lindo dia no Museu Nacional da Irlanda
Estudantes em nossos passeios culturais – Um lindo dia no Museu Nacional da Irlanda
Galeria Nacional - Estudantes em nossas excursões culturais
National Gallery – Estudantes em nossos passeios culturais
Estudantes em nossos passeios culturais - Uma tarde diferente no Jameson Distillery Museum
Estudantes em nossas saídas culturais – Uma tarde diferente no Jameson Distillery Museum
Croke Park - Estudantes em nossas excursões culturais
Croke Park – Estudantes em nossos passeios culturais
Chester Beatty - Estudantes em nossas excursões culturais
Chester Beatty – Estudantes em nossas saídas culturais

Pontos positivos

Toda a equipe envolvida sabe que esses passeios culturais são uma ótima oportunidade para conhecer outros alunos da escola, outras classes e níveis e socializar-se mais com outros alunos. Desta forma, os alunos podem ter mais contato entre eles, conhecer melhor e tirar o máximo de proveito de seu tempo longe de casa.

Damos grande importância ao bem-estar de nossos alunos e portanto, garantimos que eles gostem da sua estadia enquanto aprendem inglês.

Um dos pontos positivos desses passeios culturais é que nos permite misturar o máximo de nacionalidades possíveis para que os alunos possam estar em contato com o inglês o maior tempo possível para se comunicar com outros alunos de diferentes nacionalidades.

 

Os Passeios Culturais

Na Castleforbes College, queremos que nossos alunos se sintam em casa e organizem passeios culturais todas as semanas, geralmente às tardes de sexta-feira, à partir das 14h, Esses passeios culturais permitem que os alunos praticem inglês com falantes nativos de inglês e se relacionem com outros colegas, como já mencionamos.

 

Além de passeios culturais, também temos várias excurssões de ônibus para conhecer outras partes da Irlanda. Essas excursões são muito populares entre os nossos estudantes que visitam lugares espetaculares.

 

Que tipo de passeios culturais organizamos?

Cada semana se organiza um passeio diferente. Desde da fábrica da Guinness até o Croke Park (estadio de futebol gaélico). Estes passeios são organizados na mesma semana e são reservados e pagos diretamente na escola. Nem todos são pagas, pois não cobramos extra por esses passeios culturais. Ou seja, os estudantes só terão que pagar por aqueles em que a entrada assim o exige. No caso dos museus nacionais, por exemplo, como é a entrada gratuita, também é para nós.

 

Os passeios culturais mais destacados e populares são;

  • Galeria Nacional da Irlanda (National Gallery of Ireland)
  • Museo Nacional Arqueológico
  • Museo Nacional da Irlanda
  • Croke Park
  • Trinity College
  • Dublinia
  • Chester Beatty Library
  • Jameson Distillery
  • Hop on – Hop off Bus Tour
  • Dublin Castle

 

 

Que excursões oferecemos?

Embora que as excursões geralmente são caras, geralmente recomendamos pelo menos um e poderemos descobrir outra parte da Irlanda. Suas belezas e paisagens não deixam ninguém decepcionado.

 

As excursões são feitas aos fins de semana, sábados ou domingos e são o dia inteiro. A viagem é de ônibus. Eles também são reservados e pagos diretamente na escola.

Os preços variam de € 25 a € 60

 

Temos 4 tipos diferentes de excursões:

 

  1. Cliffs of Moher & Galway
  2. Northern Ireland
  3. Wicklow Mountains
  4. Wild Connemara

 

Todas as informações das excursões pode ser solicitada por e-mail, você a encontrará na escola e na recepção irá lhe dar folhetos.

 

Lembre-se que, na Castleforbes College, o aprendizado e o bem-estar dos alunos são os principais quesitos e estamos sempre prontos para ajudá-lo!

Top 7 – Atrações turísticas em Dublin

A fábrica da Guinnes (Guinness Storehouse) permaneceu no primeiro lugar em termos de atração turística mais visitada da cidade pelo terceiro ano consecutivo. O museu emblemático é seguido pelo Zoologico de Dublin e pela National Gallery. Preparamos para você uma lista com algumas das imperdiveis atrações turísticas para você que virá a turismo ou para um intercambio em Dublin, confira abaixo o top 7:

 

Dublin tem muitas opções para satisfazer os interesses dos turistas que todos os dias visitam a capital irlandesa em busca de diversão e novas aventuras.

 

Neste artigo, mostramos as 7 atrações turísticas mais visitadas e as melhores coisas para fazer em Dublin. Enjoy it!

Custom House no centro de Dublin -Uma das muitas atrações turísticas da cidade
Custom House no centro de Dublin – Uma das muitas atrações turísticas da cidade

 

1 – Guinness Storehouse(1ª entre as atrações turísticas de Dublin)

Não tem certeza do que fazer em Dublin ou por onde começar? Que lugar melhor que a fábrica da Guinness(Guinness Storehouse); a atração turística número um por excelência da cidade. Localizado em St Jame’s Gate Brewery foi inaugurado em 1759 e o prédio tem 7 andares. Anteriormente, era a fábrica de fermentação de cerveja e o edifício foi remodelado sob a forma de uma pint gigante (agora museu). Sua visita irá ensinar-lhe tudo sobre a famosa cerveja e, quando chegar ao último andar, você encontrará o Gravity Bar, onde pode saborear uma pint de Guinness e a oportunidade de relaxar e aproveitar as vistas deslumbrantes de 360 graus da cidade.

 

2 – Dublin Zoo

O Zoológico de Dublin(Dublin Zoo) está localizado no Phoenix Park, no coração de Dublin, faz deste parque o maior da Europa dentro de uma cidade. No Dublin Zoo você verá diversos animais, como tigres, hipopótamos, macacos, gorilas, pandas, répteis e muito mais. É dividido em diferentes habitats e sua visita vale a pena se você ficar mais de três dias na cidade. O Zoológico de Dublin foi visitado por quase um milhão de pessoas no ano passado, tornando-se uma das principais atrações de Dublin.

 

3 – National Aquatic Centre

AquaZone, dentro do Centro Aquático, é um dos parques aquáticos mais inovadores e também é o maior parque coberto da Europa. Se você quer passar um dia diferente rodeado de água e aventura, o AquaZone irá surpreendê-lo.

 

4 – Book of Kells

Book of Kells foi escrito em torno de 800 aC e é um dos manuscritos mais importantes do mundo. Suas 680 páginas de pergaminho contêm os textos latinos dos quatro evangelhos. Foi escrito cerca de 800 aC por monges irlandesas e depois enterrado no subsolo por medo dos Vikings. Depois de ser redescoberto, ele foi deposto em custódia no Trinity College em 1653.

5 – National Gallery of Ireland

Até hoje, a coleção do National Gallery of Ireland inclui mais de 2.500 pinturas e outras 10.000 obras, incluindo aquarelas, desenhos, gravuras e esculturas. O museu também abriga uma famosa coleção de pinturas irlandesas. As mais destacadas são obras de Vermeer, Caravaggio, Picasso, Van Gogh e Monet.

 

6 – Jardim Botânico

O Jardim Botânico tem 19,5 hectares de parque e foram fundados em 1795. Eles estão localizados em Glasnevin, Dublin 9, a cerca de 3,5 km a norte do centro da cidade. É uma das atracções turísticas mais visitadas, uma vez que a sua entrada é gratuita. Neles, você encontrará várias zonas; um arboretum, um jardim sensorial, uma lagoa, exposição de plantas decorativas, um pomar, área de cactos, esculturas diferentes, etc.

 

7 – Catedral de St Patrick’s

Construído entre 1220 e 1260, a Catedral de St. Patrick’s  é um dos poucos edifícios restantes na cidade medieval de Dublin. Hoje, St Patrick’s é a Catedral mais importante de toda a Igreja irlandesa e continua a ser a maior catedral da Irlanda. Sem dúvida, uma das maiores atrações turísticas da cidade. Sua visita vale a pena, embora sua entrada não seja gratuita.

Saiu no e-Dublin

Há alguns dias foi publicada uma ótima matéria sobre nossa escola de Inglês no portal e-Dublin, confira a matéria na integra abaixo:

 

Castleforbes College é uma escola de Inglês direcionada a estudantes que buscam opções atualizadas com as tecnologias, com um ambiente diferenciado, excelência acadêmica e reconhecimento no mercado.

 

Fundada e dirigida por jovens irlandeses, a Castleforbes possui sede em Dublin e, graças à experiência e qualidade voltada ao aprendizado do aluno ao longo desses anos, atrai estudantes do mundo todo, sobretudo da Comunidade Europeia – o que favorece o intercâmbio cultural entre os alunos.

 

Com uma das melhores relações custo-benefício em Dublin, conta com uma equipe multicultural e multidisciplinar que, dessa forma, possibilita o suporte dedicado ao cliente 24/7, além de apoio durante toda a estadia, desde a busca pela melhor opção de hospedagem (hostelhospedagem em casa de famíliaacomodações estudantis, entre outras), seguro, até tours por todo o país, desde uma visita ao agitado Temple Bar até uma aventura pelos esplêndidos Cliffs of Moher.

 

..

Que tal aproveitar a temporada na Irlanda para fazer um tour pelo país? Imagem: Pixabay

 

Ótima Localização

Localizada no centro da cidade de Dublin, a apenas 10 minutos andando da O’Connell Street, no coração da cidade e do mais famoso ponto de encontro, o Spire, a escola encontra-se em uma área calma e organizada, com variedade de opções para refeições, além de farta região comercial.

 

Student Lounge. Crédito: Acervo Castleforbes

Student Lounge. Crédito: Acervo Castleforbes

 

Cursos

Os cursos foram criados para o amplo conhecimento da língua – escrita e falada. O método de ensino propõe um aprendizado com aulas mais dinâmicas, favorecendo a compreensão total do idioma. Entre os cursos oferecidos, o General English Course, estruturado para providenciar a base fundamental para o aprendizado da língua escrita e falada, é voltado para desenvolver o Inglês para qualquer situação. Ou ainda, cursos em diferentes níveis para negócios.

Castleforbes College é uma escola de Inglês direcionada a estudantes que buscam opções atualizadas com as tecnologias. Crédito: Acervo Castleforbes

Castleforbes College é uma escola de Inglês direcionada a estudantes que buscam opções atualizadas com as tecnologias. Crédito: Acervo Castleforbes

 

Há, também, o Cambridge First Certificate in English – FCE, mais conhecido como ESOL (sigla em inglês), o qual representa o exame de terceiro nível da classificação Cambridge em inglês para falantes de outros idiomas e, associado ao nível B2 do Common Framework para as línguas europeias, igualmente avaliado como exame de nível Intermediário Superior, confere ao aluno a certificação oficial de proficiência em língua inglesa. Esse curso é indicado para os alunos que já possuem um conhecimento no idioma e que são capazes de adaptá-lo às diferentes situações da vida normal, do trabalho ao estudo. Além disso, é considerado um requisito essencial para a maioria das Universidades e Instituições Educacionais na Europa. Vale lembrar que os exames do FCE são realizados mensalmente e caso o aluno esteja interessado, a Castleforbes College irá fornecer todas as informações e apoio necessários.

 

Aulas Personalizadas

Também possui One to One Learning, com aulas particulares, direcionadas àqueles que necessitam de velocidade no aprendizado ou estejam em busca de necessidades específicas, como uma entrevista, por exemplo, já que as aulas serão customizadas conforme o pedido do aluno, trabalhando dificuldades específicas, como melhorar a gramática, enriquecer o vocabulário ou desenvolver habilidades de comunicação.

 

 

O aprendizado de um novo idioma proporciona uma experiência de vida completa, incluindo cultura, lazer e a possibilidade de socializar com pessoas de diferentes nacionalidades. Para consultar os programas acadêmicos mais recentes, tirar dúvidas ou solicitar um orçamento sem compromisso, basta entrar em contato através do site oficial da escola.

 

castlefCastleforbes College
www.castleforbescollege.com
info@castleforbescollege.com
+353 (0)1 8746848
1 Belvedere Court, 77 Upper Gardiner Street, Dublin 1
Dublin, Irlanda